pressão intraocular

Saiba como é feita a medição da pressão intraocular pelo oftalmologista

A pressão intraocular é algo que deve ser medida pelo oftalmologista. Ainda mais, que por meio dessa medição é possível avaliar a tensão dos olhos. Ou seja, uma forma de prevenção de problemas oculares futuros.

O que é a pressão intraocular?

É uma medida feita por meio de exame realizado nos olhos, para analisar o humor aquoso. Ou seja, é um líquido produzido e que vai para córnea, íris e cristalino. Além disso, em sua composição há sais e água, para nutrir e controlar a temperatura. 

Quando ocorre alteração no movimento desse líquido, como ele fica represado, geram-se problemas. Portanto, há aumento da pressão intraocular, pois não há escoamento do líquido para as regiões corretas. Por fim, surge o problema ocular chamado de glaucoma.

O glaucoma pode levar à morte das células sensoriais dos olhos e até à cegueira. Logo, são danos graves à visão que podem ser prevenidos por meio do exame. Ainda mais, por ser um teste indolor, rápido, simples e sem dilatação da pupila.

Nomes do exame

Para medição, o teste é chamado de exame de pressão ocular. Bem como, pode ser conhecido como curva de pressão ocular. Nesse sentido, é essencial realizar essa avaliação nos olhos e visão. Afinal, para manter a saúde ocular a prevenção é essencial.

pressão intraocular
Foto: Visitas periódicas ao oftalmologista para análise da pressão intraocular são essenciais.

Aumento da pressão intraocular pode não ser glaucoma

A medição da pressão intraocular ocorre ao longo de um dia. Porém, ocorrem variações da pressão devido aos diferentes estímulos que chegam aos olhos. Mas, se ocorrem variações consideradas significativas é preciso analisar o caso.

Dentre os itens avaliados, como histórico familiar, também analisa-se traumas nos olhos e remédios. Além disso, perguntas e dados dos pacientes facilitam o diagnóstico. Por fim, considera-se toda informação.

Ela pode ser baixa

Muitas pessoas não sabem que pode ocorrer diminuição dessa pressão. Ou seja, isso ocorre devido a perfurações, traumas ou medicamentos que levam a redução. Então, quando isso ocorrer a busca por auxílio médico o quanto antes é fundamental.

Sintomas do aumento da pressão intraocular

Alguns sintomas podem surgir quando ocorre aumento da pressão intraocular. Aliás, eles surgem devido ao aumento súbito. Porém, ficar alerta aos sinais é muito importante. Por exemplo:

  • Vermelhidão;
  • Dor nos olhos e na cabeça;
  • Diminuição da visão periférica;
  • Náuseas;
  • Aumento das pupilas;
  • Dificuldade para conseguir enxergar.

Quando notar algum desses sintomas procurar o oftalmologista o quanto antes é necessário. Ainda mais, com o aumento da pressão e surgimento do glaucoma. Inclusive, é considerado a segunda maior causa de cegueira no mundo.

Realização do exame para medição da pressão intraocular

Faz-se a avaliação da pressão intraocular com uso de um tonômetro pneumático ou de aplanação. Ou seja, um instrumento que irá aferir como está o humor aquoso dos olhos. A aferição acontece durante horas.

O médico irá aplicar um colírio anestésico para poder realizar o procedimento. Em seguida, realiza-se a medição em horários distintos para determinar quando ocorre o aumento. Afinal, os olhos são expostos a diferentes estímulos que podem alterar a pressão.

Por fim, sempre visite seu ofaltmo de confiança para garantir a saúde de seus olhos. Isso porque, o glaucoma é uma doença mais comum e presente no dia a dia do que possa imaginar.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *