adaptar ao uso de lentes de contatos

7 dicas para se adaptar ao uso de lentes de contato

Conseguir se adaptar ao uso de lentes de contato pode ser difícil, principalmente nas primeiras vezes. Mas, não desista e continue com as peças. Assim, para ajudar, existem algumas dicas que tornam esse processo mais fácil. 

Dicas para se adaptar ao uso das lentes de contato

Existem diversos tipos de lentes de contato. Por isso, cada uma tem seus próprios desafios na hora de fazer a adaptação. Por exemplo, algumas podem ser mais incômodas que outras.

O que todas têm em comum é que, na primeira vez de uso, você pode não gostar da sensação. Afinal, um objeto estranho está em uma das partes mais sensíveis do corpo. Então, veja 7 dicas que vão ajudar na hora de se adaptar ao uso das lentes de contato.

1. Visite um oftalmologista

Não tente escolher sua própria lente de contato sem a ajuda de um profissional. Usar a peça errada pode trazer problemas graves à sua saúde ocular. Por isso, se está pensando em trocar o óculos pela lente, consulte o seu oftalmo.

O médico tem uma grande experiência no ramo e, por isso, conhece diversas marcas. Além disso, atende pacientes com diferentes problemas oculares. Ou seja, é um profissional que vai saber indicar a melhor lente de contato para o seu caso.

Essa dica serve tanto para lentes com grau quanto as coloridas, sem grau. Muitos imaginam que, por não ter miopia ou hipermetropia, podem comprar qualquer peça. Mas, você deve procurar por um profissional seja qual for o objetivo.

2. Adaptar ao uso de lentes de contato: comece com as gelatinosas

Existem lentes de diferentes tipos e feitas de materiais diversos. Assim, algumas podem ser mais duras do que outras, o que causa mais incômodo. Então, os dois tipos principais são:

  • Rígidas, que são mais firmes e fortes;
  • Gelatinosas, que são mais moles.

As peças gelatinosas podem atrapalhar um pouco a oxigenação nos olhos. Porém, por serem mais moles, costumam ser mais confortáveis. Por isso, são ótimas para se adaptar ao uso de lentes de contato.

Use-as apenas no período de adaptação. Depois, você pode mudar para as lentes rígidas e sentir que as peças ficam bem melhores. Mas, dependendo do seu caso, o oftalmo pode recomendar manter as gelatinosas.

3. Comece usando por pouco tempo

Quem está acostumado com as lentes pode usar desde que acorda até antes de dormir. Contudo, no início da adaptação, é bem mais difícil ficar esse tempo todo. Então, você pode começar usando por algumas horas.

Use-as por duas ou três horas apenas, enquanto seus olhos se acostumam. Com o passar dos dias, você pode aumentar o tempo. Desse jeito, o incômodo vai ser menor.

Com isso, a chance de haver alguma reação por conta do incômodo diminui. Afinal, as lentes ficarão por pouco tempo em contato com seus olhos. Além disso, mesmo que haja algum efeito, será bem pouco e fácil de controlar.

4. Adaptar ao uso das lentes de contato: use ao acordar

Caso seja possível, uma boa dica é colocar as lentes logo ao acordar. Assim, você já se acostuma com as peças desde o início do dia. Ainda mais, é um momento em que a rotina está mais calma.

Você pode colocá-las de manhã e passar duas ou três horas com elas. Ou, se conseguir, passar o dia todo de lente. Mas, lembre-se de não forçar seus olhos apenas para se acostumar o mais rápido possível.

Tenha um óculos para, quando sentir incômodos no meio do dia, poder tirar as lentes. Então, vai poder trocar pelos óculos, que você já está acostumada. Não se preocupe, logo você vai conseguir usar as peças desde o momento em que acorda até antes de dormir.

5. Reações são normais, mas nem sempre

O começo para se adaptar ao uso das lentes de contato é incômodo. Algumas reações podem acontecer, como olhos vermelhos. No fim, é um objeto novo que os olhos ainda não sabem o que é.

Acontece que, apesar de comum, pode não ser algo sem importância. Por isso, é bom ficar atento aos efeitos que as lentes provocam. Por exemplo, algumas das reações podem incluir:

  • Vermelhidão nos olhos;
  • Sensibilidade à luz;
  • Alergia ou inflamação;
  • Olhos lacrimejando;
  • Sensação de olhos secos.

Essas reações podem ser normais ou haver um problema diferente. Além disso, pode nem estar relacionado com a adaptação das lentes. Então, é preciso marcar uma consulta com o oftalmo para tratar do problema.

6. Use da forma correta

Alguns cuidados precisam ser feitos ao usar lentes de contato. Afinal, a região dos olhos é muito sensível e precisa da maior atenção possível. No fim, qualquer uso incorreto pode acabar em um problema grave.

Existe a forma certa de colocar, retirar e cuidar das peças. O oftalmo provavelmente vai indicar o que você deve ou não fazer. Porém, as dicas gerais para usar são:

  • Lave as mãos antes de tocar nas lentes;
  • As peças devem estar do lado correto;
  • Sempre tire as lentes antes de dormir;
  • Use as peças pelo tempo recomendado pelo fabricante;
  • Faça a higiene correta das lentes após usá-las.

Tirar e colocar as lentes de contato dos olhos é uma tarefa difícil nas primeiras vezes. Apesar disso, é uma questão de prática e com o tempo você pega o costume. Mas, é preciso ter paciência e levar o tempo que for preciso, com cuidado.

7. Existem diversas marcas diferentes, experimente-as

Cada marca de lente tem uma composição diferente. Por isso, nem sempre uma marca vai se encaixar com os seus olhos. Então, o importante é testar vários nomes até achar a ideal para você.

Existem até mesmo aquelas que logo na descrição do produto dizem ser confortáveis. Ou seja, são as ideais para quem está começando a usar. Além disso, você pode pegar indicação com outras pessoas que já usam as peças.

Lembre-se: a indicação mais importante é a do seu oftalmo. O ideal é não pegar qualquer marca apenas porque um amigo ou familiar falou sobre. Antes, pergunte ao seu médico se a lente é mesmo boa.

Adaptar ao uso de lentes de contato: não desista!

Muitas pessoas que sonham em usar as peças podem acabar se decepcionando. Afinal, elas queriam tanto e, quando conseguem, veem que é incômodo. Mas, não desista apenas pela dificuldade do começo.

Para se adaptar ao uso de lentes de contato é preciso ter paciência. Depois, você vê que fica mais fácil e pode usar durante o dia todo. Além disso, não esqueça de consultar um oftalmo e manter a higiene das peças.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *